You are currently viewing Tudo que você precisa saber sobre sardas

Tudo que você precisa saber sobre sardas

  • Post author:

Elas podem ser um charme ou um incômodo. Podem aparecer em loiros, ruivos e até em pessoas morenas. As sardas, famosas manchinhas na pele, são muito comuns e de maneira nenhuma significam que há algo de errado com a pele. Entretanto, é importante estar alerta aos sinais que a pele venha apresenta e adotar meios para protegê-la contra raios solares nocivos e outros fatores prejudiciais.

O que são as sardas?

As sardas são pequenas manchas de cor escura, geralmente castanho-escuro, de forma  arredondadas, mas podem apresentar outros formatos também.

São mais comuns em pessoas com um tom de pele claro como os ruivos e loiros, porém não é um fator exclusivo de pessoas com essas tonalidades.

Elas também são conhecidas como efélides e são causadas pelo aumento de melanina na pele. Existem alguns casos em que a herança familiar é o fator determinante, quando isso acontece, elas surgem logo nos primeiros anos de vida.

Outro fator de causa de manchas na pele é a exposição frequente aos raios solares sem proteção. Em períodos como o verão, a incidência do aparecimento das sardas é ainda maior, especialmente em pessoas com fototipo I e II. Com essa exposição concentrada e intensa, a melanogênese aumenta e a pigmentação na pele se torna mais acelerada, resultando no surgimento das manchas.

Como elas se originam por conta da exposição solar, elas são mais fáceis de serem detectadas no rosto, nos ombros, nas costas e no colo. Como tratar as manchas?

É importante deixar claro que essas manchas não representam perigo para o organismo. Estudos já mostraram que elas não resultam numa transformação maligna ou em um câncer de pele. Entretanto, é um sinal que indivíduo está se expondo muito ao sol e deve se proteger ainda mais contra os raios solares.

Caso você note o surgimento deste tipo de pigmentação em partes do corpo como o rosto, o tratamento é feito à base de um clareamento da área afetada, que acelera o desaparecimento das manchas.

Substâncias despigmentantes são misturadas com alguns ácidos para clarear a pele e em seguida, outros procedimentos podem ser usados, como a Luz Intensa Pulsada (LIP). Dependendo do caso, o uso de peelings também é recomendado para acelerar o processo de  clareamento.

Aa maior recomendação que eu posso te dar é proteger a sua pele. Use sempre o protetor solar com fator de proteção de no mínimo 30 e reaplicado a cada 3-4h no cotidiano e de 2/2h quando na praia, piscinas e/ou lazer.

Embora as sardas tenham a tendência de clarear com o decorrer do tempo, é importante usar filtros solares para bloquear uma concentração exagerada de raios solares na pele. Fazendo isso, você protege a sua pele não apenas deste tipo inofensivo de manchas, mas também de outros problemas que podem acarretar graves consequências para o seu organismo a médio e longo prazo.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como dermatologista em São Paulo.

Deixe um comentário